Compartilhamentos

No próximo domingo, 12 de outubro, acontece no Amapá a maior celebração da Igreja Católica no Brasil, o Círio de Nazaré. Para dar mais segurança aos cidadãos que participam da festividade, o Corpo de Bombeiro do Amapá (CBM) estará atuando com 420 militares. Com um trabalho de prevenção que inicia na sexta-feira, 10, e segue até o final da peregrinação, no Recírio, que finaliza no dia 20. Uma das preocupações é com a segurança do Círio Fluvial.

Procissão do Círio terá segurança reforçada

Procissão do Círio terá segurança reforçada

Segundo o CBM, a operação no Círio de Nazaré será de ações de prevenção e combate a incêndio, salvamento e resgate, atendimento pré-hospitalar e vistorias técnicas as estruturas como a Cidade do Círio onde ocorrerão as apresentações culturais. A atuação dos Bombeiros também se estenderá ao Círio Fluvial, onde 45 homens, junto com a Polícia Militar e a Capitania dos Portos, estarão atuando em três lanchas de resgate.

Capitão André Machado fala sobre orientações para o Círio 2014

Capitão André Machado fala sobre orientações para o Círio 2014

Haverá também militares na balsa que carregará a imagem de Nossa Senhora de Nazaré, na Orla da Cidade. “Uma equipe de quatro mergulhadores de resgate do Corpo de Bombeiros também estará de pronto emprego na operação. O serviço acompanhará a romaria fluvial desde a saída no Porto do Grego, no município de Santana, até a chegada no trapiche do bairro Santa Inês, na orla de Macapá” contou representante da Assessoria de Comunicação do CBM, Capitão André Machado.

naufrágio

Tragédia deixou 18 pessoas mortas no Círio de Nazaré 2013

O objetivo é evitar tragédias como a ocorrida em 2013, quando 18 pessoas morreram afogadas depois que a embarcação “Reis I” virou por conta da superlotação durante o retorno Círio Fluvial. Em 2014, essas pessoas serão homenageadas pela organização do Círio de Nazaré, em que uma missa será feita em memória das vítimas.

Já para a Procissão da Imagem entre o Santuário de Fátima e a Igreja de São José estarão atuando cerca de 230 bombeiros militares, com atendimento de primeiros socorros, além do plantão de combate a incêndios. Para isso, toda a corporação estará de plantão.

O Corpo de Bombeiros dá algumas orientações para evitar acidentes:

– Não se aproximar dos locais de queima de fogos

– Não deixar crianças nas sacadas e janelas de edifícios, bem como vaso de plantas e similares, a fim de evitar acidentes com os romeiros

– Não jogar fitas e/ou papel laminado do alto dos edifícios, para evitar problemas na rede elétrica.

– Não se apoiar em parapeito

– Não usar arquibancadas improvisadas

– Informar ao Corpo de Bombeiros locais improvisados para queima de fogos

– Fazer uma boa alimentação antes de sair de casa

– Usar roupas leves e confortáveis

– Beber água antes e durante a procissão, para evitar desidratação

– Não ingerir bebida alcoólica durante a procissão

– Não carregar objetos cortantes e pontiagudos

– Não jogar objetos que possam ocasionar acidentes

– Não levar crianças e idosos para lugares de grande concentração de público

– Identificar as crianças com nome, endereço e telefone, utilizando um cartão, pulseira ou similar

– Crianças perdidas devem ser entregues aos agentes públicos (bombeiros, policiais, guardas municipais, agentes da Defesa Civil do Estado e do município)

– No caso de perda de criança, procurar um posto do Corpo de Bombeiros

– Em hipótese alguma largar a mão das crianças

– Usar protetor solar

– Evitar se aproximar muito da corda do Círio

Compartilhamentos