Compartilhamentos

Uma mulher de aproximadamente 65 anos teve o corpo quase totalmente queimado pelo genro durante uma discussão no município de Vitória do Jari, no Sul do Amapá. O acusado foi identificado como Benedito Viana da Silva, 32 anos. O delegado Leandro Moisés, que está investigando o caso, já pediu a prisão preventiva do acusado, mas a Justiça ainda não decretou.

Mulher teve o corpo quase todo queimado

Mulher teve o corpo quase todo queimado

De acordo com testemunhas, Benedito e a esposa moram em uma área rural de Vitória do Jari, onde trabalham como agricultores. A esposa dele precisou fazer uma cirurgia e estava se recuperando na casa da mãe dela. Na última quarta-feira, 26, Benedito foi buscar a esposa, mas a sogra não deixou ele levar a mulher, foi quando ele ateou fogo na sogra usando gasolina, segundo o delegado informou o Leandro Moisés.

O mulher que teve quase o corpo todo queimado veio para o Hospital de Emergência em Macapá, segundo informações da polícia de Vitória do Jari. O delegado aguarda o decreto da prisão preventiva de Benedito para prender o acusado.

 

Compartilhamentos