Compartilhamentos

Enquanto para algumas pessoas o Dia dos Finados é um momento de reflexão e saudade dos entes queridos. Para outras a data é uma oportunidade de levantar um dinheiro extra. Cerca de 390 empreendedores se cadastraram para vender os mais variados produtos no entorno dos três cemitérios de Macapá.

Velas, flores, guirlandas, comidas típicas, bebidas, serviços de pintura, restauração de sepulturas e acessórios variados são ofertados nas áreas externas dos cemitérios. Para comercializar próximo aos cemitérios, os empreendedores pagaram R$ 27 pelo espaço à Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (Semduh). O cadastro e a taxa são para garantir maior organização do local.

O trabalho do empreendedores foi organizado pela Prefeitura

O trabalho do empreendedores foi organizado pela Prefeitura

A autônoma Denilda dos Santos, de 35 anos, vende flores e guirlandas no Cemitério São José, no Bairro do Buritizal. Ela trabalha comercializando os mais variados produtos em datas comemorativas, mas o Dia dos Finados ainda é um dos eventos mais rentáveis do ano para ela. “No Dia dos Finados a renda é tão boa que já garanto minha ceia de Natal”, contou a autônoma que vendeu, só na manhã de domingo, mais de 300 flores por preços que variam de R$ 15 a R$ 60.

O comércio é tão bom que o paraense Miguel Corrêa dos Anjos, de 34 anos, vende velas há 10 anos no Cemitério São José. Segundo ele, no ano passado chegou a vender 45 caixas de velas. “Pela manhã é bem fraco o movimento. A tarde quando o sol esfria fica melhor. Comprei o dobro de caixas e garanto que vou vender todas”, afirmou o empreendedor que há 25 anos vive de venda.

Miguel Correa quer dobrar as vendas de velas

Miguel Correa quer dobrar as vendas de velas

De acordo com um fiscal da Semduh, este ano o comércio no entorno dos cemitérios deve ser tranquilo por causa da organização feita pela Prefeitura de Macapá. “Com o cadastro e a organização este ano não haverá brigas entre os empreendedores por causa de espaço, como aconteceu em outros anos”, concluiu.

 

Compartilhamentos