Compartilhamentos

Uma equipe da Polícia Militar prendeu no fim da tarde desta segunda-feira, 17, uma quadrilha que havia assaltado um motel no município de Porto Grande (105 quilômetros de Macapá). A prisão foi efetuada em posto de combustível que fica na BR-210. A polícia acredita que a quadrilha, antes de cometer o roubo, matou um homem que foi encontrado boiando no rio Amapari, em Pedra Branca nesta terça-feira, 18.

De acordo com informações da Polícia Militar, a quadrilha era formada por cinco elementos, entre eles um menor de 17 anos, que portava um revolver calibre 38, com duas munições intactas, e numeração raspada. Com os assaltantes foram encontrados tablet, celulares, dinheiro e joias roubadas dos clientes.

O corpo encontrado em Pedra Branca ainda não foi identificado. Segundo testemunhas, trata-se de um homem conhecido como “Índio” ou “Dudu”, que já tinha passagem pela polícia. Um policial militar de Pedra Branca disse que a quadrilha tinha uma rixa com o homem e por isso ele foi assassinado e jogado no rio. De acordo com o policial, depois do crime a quadrilha praticou o assalto no motel.

Compartilhamentos