Compartilhamentos

A transferência das delegacias que funcionavam no Congós para o Ciosp do Pacoval acabou gerando uma superdemanda em um único prédio. Isso levou a equipe técnica da Polícia Civil a criar uma alternativa que visa desafogar o atendimento. Trata-se da Delegacia Virtual. O espaço localizado no endereço eletrônico www.policiacivil.ap.gov.br serve para o registro de casos menos graves como furto ou perda de documentos.

Tito Guimarães, delegado geral de Polícia

Tito Guimarães, delegado geral de Polícia

A Delegacia Virtual também registra ocorrências de placa e lacre de veículos, furto de motocicletas, perda de objetos, entre outras pequenas situações. O BO pode ser feito de um computador fixo ou portátil, um tablet ou aparelho celular com android. “A pessoa não precisa se deslocar ao Ciosp ou a delegacias. Basta acessar a Delegacia Virtual. O atendimento além de rápido tem total segurança no sigilo de dados”, garantiu o delegado-geral da Polícia Civil, Tito Guimarães Neto.

De acordo com dados do Ciosp do Pacoval, em média, são registrados 80 boletins de ocorrências, a maioria referente a causas que podem ser feitas na Delegacia Virtual. O objetivo da polícia é reduzir o tempo de espera nas delegacias, assim a demanda será para ocorrências mais graves. 

 

Compartilhamentos