Compartilhamentos

Articulação

Gilvam Borges

É lógico que a manobra de Gilvam Borges (PMDB) para puxar o tapete de Davi Alcolumbre (DEM) no Senado não se restringe só ao campo jurídico. Articulação nos tribunais superiores já está sendo providenciada.

Absurdo 

O secretário de Planejamento do Estado, José Ramalho de Oliveira, tem dito que acha um absurdo os ofícios encaminhados pela equipe do governador eleito Waldez Góes (PDT) para mais de 50 órgãos estaduais. Os ofícios solicitam informações sobre a gestão. Só não explicou onde está o absurdo.

Ex-homem forte 1

alberto góes

Homem forte nos dois primeiros mandatos de Waldez Góes , o pesquisador Alberto Góes, pelo menos por enquanto, não é confirmado como membro da futura equipe de governo. Cabia a Alberto, primo do governador, comandar todos os grandes projetos de base econômica e de infraestrutura da gestão pedetista, de obras do PAC à Expofeira.

Ex-homem forte 2

Alberto Góes tinha uma grande capacidade de planejamento e articulação política. É funcionário de carreira do Museu Emílio Goeldi, em Belém do Pará. No final do governo Waldez, aceitou ser vice de Pedro Paulo (PP), então candidato ao governo pelo PP. Foi dele a frase que hoje é lembrada por alguns jornalistas: “Pedro Paulo só perde a eleição se algo extraordinário ocorrer”.  Na semana seguinte ocorreu a Operação Mãos Limpas. Pedro Paulo poderia até não ganhar a eleição, mas estava em ascendência nas pesquisas.

Super-secretários

Waldez Goes

O que também não foi decidido é se o modelo de gestão dos “super-secretários”, experimentado no segundo mandato de Waldez, será reutilizado a partir de janeiro. Consistia em centralizar em um grupo seleto de gestores a coordenação de várias secretárias ao mesmo tempo. Por exemplo: os secretários de Transportes, Infraestrutura, presidentes da CEA e Caesa prestavam contas para uma só pessoa. Hoje a experiência é considerada positiva.

A 120 km/h

O governador Camilo Capiberibe (PSB) decidiu não tirar o pé do acelerador. Aliás, pisou mais fundo. No apagar das luzes de seu voo solo pelo Setentrião, quer entregar o maior número possível de obras e iniciar outras. É certo que houve avanços, mas também muitas estagnações. 

Compartilhamentos