Compartilhamentos

O consumo de crack, infelizmente, não se limita só à capital. O interior do Amapá está cheio de novos consumidores da droga conhecida por criar dependência já no primeiro uso. No extremo Sul do Estado, em Laranjal do Jari, uma guarnição da Polícia Militar prendeu várias pessoas, a maioria jovens de outros estados. Em poder deles havia mais de 1,5 quilo da droga.

A prisão e a apreensão ocorreram às 21 horas, numa passarela chamada “Fribosque”, no Centro de Laranjal do Jari. Populares comunicaram policiais do 12º Batalhão da PM que rapazes estavam vendendo drogas em uma casa na passarela.

Ao chegar ao locais os policiais encontraram quatro suspeitos: William Dias de Moraes, de 28 anos, Nilton Rodrigo Sousa Silva, de 23 anos, Renata Silva Tavares, de 25 anos, e Rosilene Maria Lima da Silva de 44 anos. Com exceção de Rosilene, que é de Macapá, o restante é dos estados do Pará e Maranhão.

Os policiais encontraram a droga pronta para ser comercializada, além de um telefone celular com registro de roubo. Os quatro ficarão presos em Laranjal do Jari aguardando a decisão da justiça. A polícia suspeita que a droga tenha atravessado o Rio Jari vindo do Pará. 

Compartilhamentos