Compartilhamentos

Recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da ordem de R$ 135 milhões podem mudar a cara de Macapá. Esse é o propósito do senador Randolfe Rodrigues (PSOL) , do senador eleito Davi Alcolumbre e do prefeito da capital Clécio Luís, que estiveram na quinta-feira, 13, conversando com o ministro das Cidades, Gilberto Occhi, em Brasília. A comitiva amapaense quer garantir os recursos para investimento em mobilidade urbana e pavimentação da capital.

O ministro Occhi recebeu das mãos do prefeito Clécio o projeto técnico de mobilidade urbana e pavimentação. O prefeito enfatizou ao ministro que trata-se de um modelo moderno de transporte coletivo em Macapá, que inclui a construção de faixas exclusivas para ônibus e uma espécie de um rotor central, que seria localizado no centro da cidade garantindo maior circulação de pessoas e fluidez no trânsito.

Prefeitura de Macapá conseguiu a aprovação de R$100 milhões para a mobilidade urbana e R$ 35 milhões para a pavimentação. “A garantia desses recursos podem tirar Macapá do atraso. São anos de passivos, que é impossível resolver sem o apoio do Governo Federal. A população sofre com o aslfato sem qualidade durante anos”, afirmou Randolfe. Obras de pavimentação incluem: calçadas, sinalização e obras de drenagem.

Apesar dos recursos estarem aprovados, ainda precisam de aval da presidente Dilma para serem liberados. Mas como o Governo Federal vem investindo nos programas de Mobilidade Urbana em todo o país, o senador eleito Davi Alcolumbre acredita que a liberação pela presidente não será problema.

Compartilhamentos