Compartilhamentos

A Polícia Militar teve muito trabalho na tarde desta sexta-feira, 7, em Macapá e Santana. Na capital, três assaltantes tentaram roubar o Sindicato das Empresas de Transportes de Ônibus (Setap). No Cidade Nova, Zona Leste, um cliente conseguiu desarmar um assaltante dentro de uma panificadora. E no município de Santana, uma cooperativa de batedores de açaí foi roubada no dia do pagamento dos cooperados.

No primeiro crime, no início da tarde, de acordo com o Centro Integrado de Operações em Defesa Social (Ciodes), o vigilante do Setap percebeu a atitude suspeita de três homens e decidiu, numa atitude ousada, baixar a porta sanfonada do escritório onde dezenas de estudantes eram atendidos para recarregar os cartões de meia-passagem. Houve troca de tiros no interior do Setap. O vigilante acabou abrindo a loja para que os criminosos pudessem fugir e ninguém ficou ferido.

No Bairro Cidade Nova, na Avenida Acésio Guedes, dois homens entraram numa panificadora e anunciaram o assalto. Um cliente sentiu que podia desarmar o criminoso que estava no caixa e investiu para acima dele. Houve luta corporal e o bandido acabou perdendo, sendo imobilizado por funcionários e clientes. Ele acabou preso, mas teria resistido e levou um tiro na perna. O bandido foi levado para o Hospital de Emergência. Já o comparsa fugiu.

No município de Santana, no Bairro Novo Horizonte, a história não teve um final feliz. Dois assaltantes sabiam que era dia de pagamento dos filiados de uma cooperativa de batedores de açaí. Por volta das 16h20min eles chegaram armados e levaram todo o dinheiro, cerca de R$ 65 mil. Os dois fugiram numa moto com a placa virada e até agora não foram localizados.

 

Compartilhamentos