Velejadores desafiam o maior rio do mundo

Compartilhamentos

A 1ª Travessia em Defesa do Rio Amazonas tem como foco chamar atenção para a preservação do maior rio do mundo em volume de água do planeta. O evento, que começa nesta sexta-feira, 05, e se estende até domingo, 07, é coordenado pela Associação de Velejadores do Amapá (Avap) e Prefeitura Municipal de Macapá.

Kitesurfistas terão que atravessar o Rio Amazonas em 45 minutos

Kitesurfistas terão que atravessar o Rio Amazonas em 45 minutos

Logo na abertura haverá coleta de entulhos no rio. A meta é retirar uma tonelada de lixo do leito do Amazonas. Em 2013, foram retirados mais de 800 quilos de todo tipo de objeto da orla. “Infelizmente a população ainda tem o péssimo hábito de jogar lixo no rio. Mas é fundamental esclarecer o quanto isso é prejudicial para o meio ambiente”, ressaltou o presidente da Macapatur, Sergio Lemos.Uma campanha educativa também está programada. Mas o ponto alto será a competição de 35 quilômetros com cerca de 40 atletas de vários estados brasileiros.

Sergio Lemos, da Macapatur

Sergio Lemos, da Macapatur

 Todos os velejadores que quiserem participar da aventura de atravessar o Rio Amazonas podem fazer o credenciamento no sábado a partir de meio dia. O percurso terá 35 quilômetros saindo de Macapá até a Ilha dos Porcos e retornar. De acordo com os organizadores, os atletas devem sair da frente do Trapiche Eliezer Levy seguindo até a margem oposta do Rio Amazonas e retornam para o Trapiche. O tempo de duração da prova é de aproximadamente 45 minutos, dependendo das condições do vento.

 A 1ª Travessia em Defesa do Rio Amazonas também é uma homenagem aos 10 anos do kitesurf em Macapá. O evento conta ainda com outras modalidades esportivas, como o slackline e bicicross.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.