Compartilhamentos

No próximo domingo, 11, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) realiza a segunda fase do XV Exame de Ordem Unificado. As provas serão aplicadas em 174 locais nos 26 estados brasileiros e Distrito Federal. No Amapá, 241 pessoas farão o exame composto por uma peça profissional e quatro questões escritas discursivas. O gabarito preliminar dos aprovados será publicado dia 2 de fevereiro.

Paulo Campelo: dicas para os candidatos

Paulo Campelo: dicas para os candidatos

Os exames da Ordem possuem um índice de 28,07% de aprovados. Durante a primeira fase do processo, mais de 500 candidatos fizeram a prova, mas apenas 241 passaram. A aprovação no exame é requisito fundamental para a inscrição nos quadros da OAB como advogado.

De acordo com a OAB/AP a pequena taxa de aprovados reflete o distanciamento entre a OAB e as instituições de ensino superior. Mas há dicas de como o candidato pode se preparar para a avaliação. “O candidato deve fazer exercícios de peças recursais, contestações e petições iniciais. Assim ele deve se sentir mais seguro durante a realização e identificação da peça no decorrer da prova”, aconselhou o presidente da OAB/AP, Paulo Henrique Campelo.

O Exame da Ordem será aplicado das 13 às 18 horas, horário oficial de Brasília, na Faculdade Estácio de Sá (Seama), localizada na Avenida José Tupinambá de Almeida, Nº 1223, Bairro Jesus de Nazaré.  Os candidatos devem estar munidos de caneta azul ou preta, fabricada em material transparente, assim como, possuir documento de identidade original com foto.

2ª Fase

Esta 2ª fase do processo é de caráter eliminatório. A prova será composta por uma peça profissional e quatro questões escritas discursivas, sob a forma de situações-problema.  Serão explanadas áreas de opção do examinando no ato de sua inscrição: Direito Administrativo, Direito Civil, Direito Constitucional, Direito Empresarial, Direito Penal, Direito do Trabalho ou Direito Tributário e do seu correspondente direito processual. Mais informações podem ser encontradas no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

 

Compartilhamentos