Compartilhamentos

Os boatos em redes sociais, especialmente no Whatsapp, não param de fazer estragos. Todos os dias mensagens dão conta de assassinatos que ocorreram no Amapá, mas que na verdade foram episódios em outros estados, como o casal de amantes supostamente assassino no Bairro Jesus de Nazaré. Na maioria das vezes o “fato” nem mesmo aconteceu. O mais recente boato incluiu o fundador do Grupo Domestilar, Jaime Nunes.

A falsa notícia dava conta de que o empresário teria sido assassinado em um assalto. A repercussão foi tão grande e rápida que obrigou o grupo e publicar uma nota de esclarecimento na tarde desta quarta-feira, 28, tranquilizando parentes e amigos. Jaime Nunes está bem, apesar do susto provocado pela mentira. Abaixo a íntegra da nota. 

NOTA ESCLARECIMENTO

Estão divulgando em redes sociais que o diretor da Domestilar, o senhor Jaime Nunes, foi assassinado há pouco em uma tentativa de assalto.

Esta informação é improcedente. Os Diretores da Domestilar estão bem, e não houve nenhuma ocorrência fora do normal.

Aos Clientes, Colaboradores e Amigos da Domestilar, informem que são improcedentes os comentários.

Grupo Domestilar

Compartilhamentos