Compartilhamentos

A Polícia Militar divulgou no início da tarde desta quinta-feira, 29, que o setor de inteligência do 4º Batalhão da PM de Santana e a Procuradoria de Investigação Criminal do MP (PIC) localizaram em Monte Dourado (Almeirim-PA) Ângelo Rodrigues da Silva, o “Cabeludo”. Ele é suspeito de ser o assassino do sargento da PM, Wanderley Costa Araújo, de 46 anos, morto no dia 13 de dezembro, em um bar da Área Portuária de Santana. Cabeludo já está preso.

Prisão de Ângelo Rodrigues pode ajudar a esclarecer os motivos do assassinato

Prisão de Ângelo Rodrigues pode ajudar a esclarecer os motivos do assassinato

 

Sargento foi assassinato no dia 13 de dezembro. Resta agora saber o motivo

Sargento foi assassinato no dia 13 de dezembro. Resta agora saber o motivo

 

Não há detalhes sobre as circunstâncias da prisão. Segundo as investigações, Ângelo foi uma das pessoas que desceram do carro, mas ele teria sido o autor dos disparos à queima roupa contra o policial que não teve chance de defesa. O tiro fatal atingiu a cabeça do militar. Pelo menos três pessoas teriam participado do crime. Ainda no dia 13, a PM conseguiu prender  Railton Cardoso Araújo, reconhecido pelas testemunhas por ser o condutor do veículo que deu fuga.

Agora a polícia procura um terceiro acusado do crime que teria sido ajudado na fuga por um dos dois envolvidos já presos. A chegada de Cabeludo é aguardada para esclarecer os motivos da execução.  Em um primeiro momento, investigadores informaram que o crime teria sido encomendado, e que restava saber quem seria o mandante.

Quando foi morto, Wanderley estava na companhia de amigos em uma confraternização. O PM já tinha 25 anos de serviços prestados e estava lotado no setor a administrativo do 4º Batalhão.

Compartilhamentos