Compartilhamentos

O novo secretário estadual de Cultura, Disney Silva, ainda tenta traçar um rumo para a gestão nessa nova fase da Secult. Com o pires na mão, o secretário enfrenta, além da questão financeira, a falta de pessoal. Na próxima semana a pauta vai girar em torno do carnaval. Ainda não há acertos para repasses de dinheiro para a Liesap.

O secretário Disney Silva tenta encontrar um rumo para a Secult

O secretário Disney Silva tenta encontrar um rumo para a Secult

Disney conta que o primeiro problema que encontrou na Secretaria foi a falta de pessoal para manter pontos turísticos em funcionamento, entre eles a Fortaleza de São José e o Museu Joaquim Caetano. “Com o fim de 2014 uma série de contratos foi finalizada. Isso deixou pontos turísticos sem monitores. Foi necessário a implementação de um aditivo para a manutenção desses pontos. E mesmo com 50% dos funcionários estamos conseguindo reverter a situação”.

Sobre o carnaval a Secult vai reunir com a Liesap e as escolas de samba para definir como o governo poderá entrar como patrocinador. “Teremos que reunir com todos para mostrar as políticas de projetos coletivos. O objetivo é atender todos os seguimentos sem privilegiar pequenos grupos. Esse será o caminho que vamos seguir”, acrescentou Disney.

Compartilhamentos