Compartilhamentos

A polícia tem mais dois assassinatos para investigar. Um seria uma execução, o outro ocorreu durante um roubo a uma propriedade ribeirinha. O primeiro homicídio ocorreu num bar, no Bairro Nova Esperança, em Macapá. Segundo testemunhas, o assassino estava em uma bicicleta.

O crime ocorreu por volta das 18h30, na Avenida Secundino Campos, onde funciona o bar.  A vítima estava sentada dentro do estabelecimento quando foi atingida pelos primeiros disparos. No total foram quatro.  Nenhum morador quis falar com a reportagem do site com medo de represálias.

Com medo, nenhum morador quis comentar o assassinato

Com medo, nenhum morador quis comentar o assassinato. Fotos: Jair Zemberg

Raimundo Geovano Ferreira ainda foi levado para o Hospital de Emergência, mas acabou morrendo durante o atendimento. A única informação sobre a vítima é de que ela morava a um quarteirão do bar. A Polícia Militar ainda não prendeu nenhum suspeito.

O outro assassinato ocorreu no município de Santana. O comerciante Manoel Divino Ferreira Vasconcelos, de 62 anos, popularmente conhecido como “Seu Divino”, foi assassinado em uma embarcação próximo a uma comunidade conhecida como “Ilha do Pescado”.

Segundo a polícia, 7 “ratos d’água” invadiram o sítio onde seu Divino estava acompanhado do neto, de 17 anos,  e de um funcionário do sítio. Os três foram esfaqueados. Os bandidos fugiram e Seu Divino morreu no Hospital de Santana. O neto e o funcionário continuam internados em estado delicado.  Até agora ninguém foi preso.

Seu Divino era comerciante de açaí, e dono de uma das amassadeiras mais famosas e tradicionais de Santana. 

Compartilhamentos