Compartilhamentos

Já está na Penitenciária o falso policial acusado de estuprar pelo menos seis adolescentes em Macapá. Otávio Nascimento da Costa, 24 anos, que era foragido da Justiça desde outubro do ano passado, foi preso em Santana depois de ter assaltado um agricultor em Mazagão disfarçado de policial do Batalhão Ambiental. Otávio era investigado pelo Núcleo de Operações Integradas (NOI) e chegou a ser detido no dia 30 de setembro, mas foi solto por conta da Lei Eleitoral que proíbe a prisão de eleitores cinco dias antes da votação.

De acordo com a polícia, na quarta-feira, 07, Otávio e um comparsa entraram na casa de um agricultor no município de Mazagão vestidos com uniformes do Batalhão Ambiental e estavam armados. Eles levaram R$ 1 mil da residência do agricultor. Mas na quinta-feira, 08, Otávio estava na Área Portuária de Santana, onde também estava o agricultor assaltado, que o reconheceu e chamou a polícia. O falso policial foi preso em seguida.

De acordo com a investigação do NOI, Otávio também usava outros nomes para aliciar os menores, entre eles Otávio Jordão da Silva Cardoso, Luís Otávio da Silva e Otávio Nascimento Cardoso. Segundo o NOI, Otávio foi indiciado por estupro de vulnerável em 2013, consequência da Operação Sodomia.

Os delegados do NOI disseram que Otávio usava a identidade falsa de policial para intimidar as vítimas e obrigá-las a manter relações sexuais com ele. Entre as vítimas estão menores entre 12 e 17 anos.

 

Compartilhamentos