Compartilhamentos

A parceria entre policiais civis e federais na fronteira da Guiana Francesa tem surtido efeito. No fim da tarde da terça-feira, 27, em mais uma operação conjunta, equipes mistas prenderam mais acusados de tráfico de drogas. Desta vez os suspeitos escondiam entorpecentes entre fraldas de bebês.

A operação cumpriu mandados de busca e apreensão nos bairros Central, Planalto e Nova União. Três pessoas foram presas, uma delas em um salão de beleza, onde os policiais encontraram drogas e uma balança de precisão. O salão pertence à mãe de um dos suspeitos, Eduardo Pereira dos Santos, preso em flagrante.

Uma balança de precisão foi encontrada em um salão de beleza da mãe de um dos acusados

Uma balança de precisão foi encontrada em um salão de beleza da mãe de um dos acusados. Fotos: PC Oiapoque

Em outra casa dois irmãos foram presos. Eles escondiam 23 “trouxas” de maconha entre pacotes de fraldas. Jhane Keit Marroni Gadelha dos Santos e Weybe Charles Gadelha dos Santos, irmãos, também foram presos em flagrante. “Os três já vinham sendo monitorados e representamos contra eles pedindo mandados judiciais”, explicou o delegado Charles Correa, chefe da Delegacia em Oiapoque.

Participaram da operação um delegado e três agentes da Polícia Federal, além de 5 agentes e um delegado da Polícia Civil e três policiais rodoviários. As equipes se dividiram em seis viaturas para o cumprimento dos mandados. 

Compartilhamentos