Compartilhamentos

Uma mulher morreu em um grave acidente na madrugada desta sexta-feira, 13, envolvendo uma moto e um ônibus que transportava integrantes de uma agremiação carnavalesca inicialmente identificada pela polícia como uma escola de samba. O condutor da moto está internado em estado grave no Hospital de Emergência de Macapá.

O acidente ocorreu por volta da 1 hora, no cruzamento da Avenida Anhanguera com a Rua Santos Dumont, no Bairro do Muca. Dayane da Silva Monteiro, de 25 anos, estava na garupa da moto e acabou morrendo durante o atendimento no Hospital de Emergência.

O esposo dela, João Silva da Cruz, de 25 anos, está internado em estado grave. Ele teve uma lesão no fígado e se queixa de dores na coluna.  “Ele não corre risco, mas pedimos uma tomografia no crânio e um raio-x da coluna”, explicou o diretor do Hospital, Edmilson Monteiro.

O Batalhão de Trânsito atendeu a ocorrência do acidente, mas as circunstâncias ainda não foram esclarecidas. Testemunhas dizem que a moto teria avançado a preferência, mas só o laudo da Polícia Técnica (Politec) determinará o culpado pela tragédia.  O nome da agremiação carnavalesca, identificada corretamente depois como um bloco de rua, não foi informado pela polícia.

Compartilhamentos