Compartilhamentos

Nem todos os detentos que conseguiram autorização para passar as festas de fim de ano com sua famílias retornaram para o Iapen. Um deles, Wanderson Soares Dias, de 23 anos, o “Gordo”, foi preso na tarde deste sábado, 21, por policiais do 6º Batalhão da Polícia Militar. Ele confessou que, no momento da prisão, ia assaltar a vigilante de uma escola para roubar a arma dela.

Gordo tem pena de 12 anos por tráfico

“Gordo” tem pena de 12 anos por tráfico. Foto: Jair Zemberg

A prisão ocorreu no Bairro Perpétuo Socorro, Zona Leste de Macapá, quando os policiais desconfiaram de dois elementos em uma bicicleta e decidiram fazer a abordagem. Um deles, Estevão Machado, cumpre pena por tráfico e está em semi-liberdade, regime em que é permitido passar o dia fora da cadeia.

Wanderson, o Gordo, cumpria pena de 12 anos por tráfico de drogas. Há cerca de dois anos, ele foi preso em Santana com cerca de 50 quilos de pasta base de cocaína. Apesar de ser um crime hediondo, ele ganhou o direito passar as festas de fim de ano em casa, e como não retornou, já era considerado um foragido pela Justiça.

Durante a abordagem, os dois confessaram que se dirigiam a uma escola onde pretendiam assaltar a vigilante. Como o crime não foi consumado, Estevão foi liberado, mas Gordo foi levado de volta ao Iapen para cumprir o restante da pena. 

Compartilhamentos