Compartilhamentos

O Corpo de Bombeiros do Amapá concluiu só na noite da sexta-feira, 13, a última vistoria do Sambódromo de Macapá, e finalmente liberou o complexo para os desfiles das escolas de samba neste sábado e domingo, 14 e 15.  A principal preocupação era com as rotas de fuga, especialmente nas arquibancadas metálicas.

A vistoria terminou por volta das 20 horas, e todas as dependências do sambódromo foram liberadas. “Montaram novas estruturas que estavam bloqueando as rotas de fuga. Algumas  precisaram ser desmontadas. Nas arquibancadas de concreto havia barracas que tiveram que ser recuadas pois estavam no caminho das saídas de emergência”, explicou o tenente coronel Roberto Nery, da Divisão de Comunicação Social do Corpo de Bombeiros.

Vistoria nas cabines . Algumas não tinham grades de segurança. Fotos: Cássia Lima

Vistoria nas cabines . Algumas não tinham grades de segurança. Fotos: Cássia Lima

A liberação para a festa foi um processo longo este ano. Foram necessárias cinco vistorias até que todas as recomendações de segurança fosse atendidas. As correções foram realizadas por empresas contratadas pelo governo do Estado e Liga Independente das Escolas de Samba.

Já no município de Santana o complexo montado na Avenida Santana ainda não foi liberado. Arquibancadas frágeis e montagens improvisadas fizeram o complexo não passar no teste da primeira vistoria realizada na sexta-feira. Logo mais, ao meio-dia, uma nova inspeção será feita pelo setor de engenharia do Corpo de Bombeiros. 

Compartilhamentos