Compartilhamentos

Nos cinco dias de folia a Prefeitura de Macapá recolheu 12,5 toneladas de lixo na capital. A maioria do material foi recolhido no Sambódromo e no trajeto percorrido pelo bloco A Banda. A limpeza da cidade contou com uma verdadeira força tarefa de 70 pessoas entre garis, varredores e servidores da Secretaria de Manutenção Urbanística de Macapá (Semur).

A equipe de limpeza recolheu só no Sambódromo 7,5 toneladas de lixo nos cinco dias de desfile das escolas de samba, blocos e apuração. Já no bloco A Banda, na terça-feira gorda de carnaval, foram recolhidas 5 toneladas de resíduos deixados pelos foliões.

O trabalho contou com carros coletores, caçambas e micro-tratores

O trabalho contou com carros coletores, caçambas e micro-tratores

A força tarefa contou com equipes de varredura e conscientização dos foliões. O esquema de limpeza se concentrou em todos os locais de festas espalhados pela cidade. O trabalho contou com apoio de caçambas, carros-pipa, carros coletores e micro-tratores.

Para o material não ser totalmente descartado, uma equipe da Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Macapá (Acam), fez o recolhimento de materiais recicláveis, o que resultou na coleta de meia tonelada de latinhas, garrafas plásticas, entre outros resíduos.

Compartilhamentos