Compartilhamentos

O menor conhecido como “Neguinho da Balada”, de 17 anos, foi preso durante a madrugada deste domingo, 22, no município de Laranjal do Jari, a 280 quilômetros de Macapá. (Sul do Amapá). Ele era procurado pelo assassinato estudante Oriane Rodrigues Lacerda, de 16 anos.

Neguinho estava chegando em uma festa de pagode no Bairro do Agreste, próximo à Praça Central, por volta de 00h30min. Ao retirar o capacete da moto para pôr um boné, ele foi reconhecido por um sargento à paisana que passava pelo local. “O sargento acionou uma viatura que logo chegou e o prendeu. Ele não estava armado”, explicou o soldado Ronilson, do 11º Batalhão da Polícia Militar. 

Oriane teve morte cerebral, mas ainda ficou internada no HE durante 4 dias

Oriane teve morte cerebral, mas ainda ficou internada no HE durante 4 dias. Foto: Reprodução/Facebook

No último dia 14, Oriane Rodrigues saiu de casa, no conjunto Mucajá, informando a família que ia para Santana, quando na verdade estava com viagem marcada para Laranjal do Jari. A família só ficou sabendo quando a menina já tinha sido baleada, segundo a polícia, por Neguinho da Balada. O menor, que estava foragido do Cesein, estaria com ciúmes da moça. As circunstâncias do crime ainda não estão bem esclarecidas.

A estudante foi atendida no Hospital de Laranjal do Jari, mas precisou ser transferida para o Hospital de Emergência onde foi confirmada a morte cerebral. No dia 18, Oriane faleceu.

Neguinho da Balada está preso na Delegacia de Polícia e será transferido para o Cesein em Macapá, onde deve chegar ainda neste domingo, 22. 

Compartilhamentos