Compartilhamentos

Servidores públicos federais protagonizaram um tumulto em frente a uma agência do Banco do Brasil, no Centro de Macapá. O motivo foi o atraso na liberação do pagamento previsto para a manhã desta terça-feira, 03. A maioria dos funcionários reclamou da falta de informação e espaço para todos dentro da agência.

O professor Edoelson da Silva Penha, que mora em Mazagão, acordou às 4 horas da manhã para chegar em Macapá às 6 horas e não ter informações sobre o salário. “Eu estou rodando de um banco para o outro para receber meu salário. Mas não consigo nenhuma informação. Eu só quero receber”, declarou o professor que esperava do lado de fora da agência.

Segundo o cronograma de pagamento, a partir das 6 horas da manhã o pagamento dos funcionários federais estaria nas contas, mas na prática até 12h30min nada foi repassado. “Eu não tenho informação nenhuma. Sou aposentado e não tenho saúde ficar em pé esperando”, desabafou o aposentado Manoel dos Santos Brito, de 70 anos.

O salário dos servidores estava atrasado apenas no Banco do Brasil. Em bancos como o Santander e Bradesco, por exemplo, o pagamento estava na conta.

Compartilhamentos