Compartilhamentos

Uma garota de apenas 16 anos que foi passar o carnaval no município de Laranjal do Jari, região Sul do Estado, voltou para Macapá com uma bala alojada no cérebro no domingo, 15. Ela teve morte cerebral. Segundo a polícia, o assassino, que também é menor, teria atirado por ciúmes na menina na noite de sábado, 14.

Neguinho da Balada em sua apreensão mais recente. Ele continua foragido

Neguinho da Balada em sua apreensão mais recente. Ele continua foragido

O adolescente é conhecido como “Neguinho da Balada”, de 17 anos. Só em agosto ele completará 18 anos, mas já coleciona uma série de crimes que o levaram para o Centro de Internação Masculina (Cesein), de onde está foragido desde o início do ano. Neguinho já responde por roubos e outro homcídio.

Segundo a polícia de Laranjal do Jari, Oriane Rodrigues Lacerda estava em uma casa quando Neguinho chegou e atirou a queima-roupa. A família da menina, que mora no Conjunto do Mucajá, não imaginava que ela estava em Laranjal do Jari.  Ela saiu de casa dizendo que ia a Santana.

A menina foi socorrida ainda no Hospital de Laranjal do Jari, mas como o estado era muito grave ela precisou ser transferida a Hospital de Emergência onde foi confirmada a morte cerebral.  Neguinho da Balada continua foragido.

Compartilhamentos