Compartilhamentos

Policiais tiveram que usar lanternas para iluminar criminosos durante uma sessão de reconhecimento no Ciosp do Pacoval na madrugada desta segunda-feira, 23.O bairro estava sem energia e o prédio não possui gerador.

O Batalhão de Operações Especiais (Bope) tinha prendido três homens acusados de passar todo o fim de semana praticando assaltos na capital. Gemerson Alves da Silva, de 20 anos,  Wellington Lobato de Oliveira e Rogério Moraes da Silva, ambos de 19 anos, estavam em um Corsa preto que havia sido furtado na semana passada. O proprietário foi até o Ciosp para recuperar o carro.

Os acusados estavam em uma rua no Bairro Novo Buritizal quando foram abordados pela equipe do Bope. Eles ainda tentaram fugir, mas foram perseguidos e o carro foi fechado pela viatura do batalhão. Eles não estavam armados.

Entre as vítimas que já estavam no Ciosp do Pacoval a esperando a chegada dos criminosos estava até uma agente penitenciária. Com falta de luz no bairro, os policiais tiveram que usar lanternas dos celulares para iluminar os rostos dos suspeitos que foram reconhecidos pelas vítimas e encaminhados ao Iapen. 

Compartilhamentos