Compartilhamentos

Não há mais dúvidas. O Amapá virou mesmo um grande consumidor de drogas. Prova disso é a terceira grande apreensão do produto na noite desta segunda-feira, 2, de novo no município de Santana. Policias do 4º Batalhão da Polícia Militar, com apoio da Polícia Federal, encontraram 111 quilos do que inicialmente imaginou-se ser crack no interior de um veículo no “Trevão” do Matapi, próximo ao Distrito Industrial. No fim da manhã a PF corrigiu a informação afirmando que se trata de cocaína.

Everaldo foi preso e levado para a carceragem da PF

Everaldo foi preso e levado para a carceragem da PF. Fotos: Dicom/4º BPM

A operação foi realizadas por volta das 22h30min. Os policiais receberam uma dica sobre um veículo Fox de cor branca e placas 5709. Na abordagem dois ocupantes foram presos: Everaldo Monteiro Pereira, de 59 anos, e Michael Andrade Ferreira Rocha, de 34 anos. Eles foram indiciados por tráfico de drogas.

A droga foi levada para a Polícia Federal onde será periciada. O inquérito será conduzido pela PF.

Em fevereiro as polícias Civil e Militar já tinham apreendido mais de 200 quilos. A primeira, de 155 quilos (a maior da história do Estado) ocorreu no dia 11, num sítio próximo à Ilha de Santana, feita pela equipe da Delegacia de Tóxicos e Entorpcentes (DTE).

 A segunda ocorreu no último dia 23 no Bairro da Piçarreira, também em Santana, onde foram encontrados 56 quilos enterrados em um quintal. A apreensão foi realizada por policiais militares com apoio de policiais federais. Há suspeitas de que os dois carregamentos tenham algum tipo de ligação, principalmente por causa das embalagens que são das mesmas cores, amarelo e azul. Com exceção da primeira apreensão, as duas últimas serão investigadas pela Polícia Federal.

Compartilhamentos