Compartilhamentos

O Santos foi eliminado da Copa do Brasil na noite desta quarta-feira, 4, em partida contra a Portuguesa (SP) no Estádio Zerão. O time paulista fez um a zero no primeiro tempo e mais dois na segunda etapa do jogo.

O Peixe da Amazônia não jogou mal, mas nervoso desperdiçou muitas oportunidades e teve falhas na zaga. A partida foi equilibrada até os 40 minutos quando Diego jogou na falha da defesa e fez o primeiro da lusa.

O Santos voltou bem melhor no segundo tempo e teve várias chances de empatar a partida. Jean, de cabeça, recebeu cruzamento e quase arrancou o empate logo aos cinco minutos, mas a bola só passou perto da trave.

Santos até jogou melhor no início do segundo tempo, mas pecou nas finalizações e na zaga

Santos até jogou melhor no início do segundo tempo, mas pecou nas finalizações e na zaga

Aos 12 minutos, em mais uma falha da zaga do Peixe, Mateus aproveitou um rebote e sem marcação tocou no canto e sem chance para Diego, ampliando para dois a zero.

Sete minutos depois, Dedé recebeu cruzamento e cabeceou para dentro do gol da Portuguesa. Seria o único gol do campeão amapaense.

Apesar de perder por dois a um, o Santos atacou mais vezes e chegou a dominar a partida mantendo a bola por mais tempo no campo adversário, mas a Portuguesa, no contra-ataque, criava mais situações de perigo.

Dez minutos depois aconteceu a eliminação. Sem marcação, Mateus fez seu segundo gol na partida liquidando a fatura para a Portuguesa. Se fizesse mais um gol, o Santos jogaria a partida de volta no próximo dia 18. ”Não conseguimos reagir”, resumiu o meia Roberto, do Santos.

A Portuguesa disputa o campeonato paulista (venceu o Bragantino por dois a um) e há quatro anos não passava para a segunda etapa da Copa do Brasil. Na partida contra o Santos, metade dos jogadores era reserva. Os principais jogadores não embarcaram para Macapá.

O Santos agora deve dispensar o elenco, e se preparar para o Campeonato Amapaense ainda não teve data definida. 

Compartilhamentos