Compartilhamentos

Cerca de 300 quilos de drogas foram incinerados nesta sexta-feira, 13, pela Polícia Civil, em uma olaria no Bairro Zerão, Zona Sul de Macapá. 155 quilos, mais da metade do material, foram apreendidos em uma única operação realizada pela Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) em fevereiro deste ano.

O delegado Roberto Prata, da Delegacia de Polícia Especializada, comandou a incineração, que também contou a presença do secretário de Segurança Pública, Gastão Calandrine. “Todo esse material foi apreendido em operações da DTE e também a partir de denúncias e investigações da Polícia Civil”, afirmou Roberto Prata. Segundo ele, o Amapá se tornou uma das rotas para o tráfico de drogas no País. “Estamos trabalhando para combater esse tipo de crime”.

Delegados e policiais civis participaram da incineração

Delegados e policiais civis participaram da incineração

Roberto Prata diz que as últimas apreensões de drogas no Amapá deram um duro golpe no narcotráfico. “Estamos intensificando o trabalho de inteligência no sentido de interromper o fluxo do tráfico de drogas no Amapá. E um dos nossos grandes aliados é a população que vem denunciando cada vez mais esse tipo de crime”, disse o delegado.

A Polícia Civil realizou uma grande operação para o transporte da droga

A Polícia Civil realizou uma grande operação para o transporte da droga

“Este ano fizemos a maior apreensão de drogas na história do Estado. A maior quantidade apreendida foi de 155 quilos em fevereiro. Isso significa que os traficantes não vão ter passe livre aqui. Montamos no Amapá uma grande frente de combate ao tráfico de drogas e novas apreensões devem ocorrer em breve”, adiantou Prata.

Fotos: Olho de Boto

Compartilhamentos