Compartilhamentos

Uma mulher escapou da morte durante um assalto na noite de segunda-feira, 23, no Bairro Central de Macapá. Enquanto gritava por socorro, ela viu o menor assaltante tentar acertá-la com uma faca pelo menos três vezes. Por providência divina, nenhum dos golpes acertou o alvo.

Ela caminhava pela Avenida General Osório, entre as ruas Odilardo Silva e Eliezer Levi. A bolsa chamou a atenção de dois bandidos adolescentes que passavam de bicicleta pelo local e decidiram voltar para fazer a abordagem da vítima. No ataque para lhe arrancar a bolsa, a mulher começou a gritar e a se debater, o que ajudou a escapar das facadas. Um dos menores ficou na bicicleta aguardando. “Eles agiram pra matar”, disse uma testemunha.

Os dois  fugiram com os objetos e foram perseguidos por populares. Um deles, de 15 anos, apontado como o mais violento, foi cercado atrás de uma igreja no Bairro do Laguinho e apanhou muito. Foram socos e chutes, principalmente na cabeça e no rosto.

O espancamento só terminou com a chegada da Polícia Militar que levou o adolescente para receber cuidados no Hospital de Emergência e depois foi encaminhado para a Delegacia de Investigação de Atos Infracionais (Deiai). A vítima recuperou a bolsa e nasceu de novo. 

Compartilhamentos