Compartilhamentos

Não bastasse conviver com a insegurança durante à noite por conta dos assaltos, os taxistas de Macapá enfrentam outro problema: motoristas alcoolizados. Segundo o Sindicato dos Taxistas de Macapá (Sinditaxi), é comum nos fins de semana pessoas serem flagradas dirigindo embriagadas. O sindicato reclama que este ano o Departamento de Trânsito (Detran) não realizou nenhuma blitz da Lei Seca. No último domingo, um taxista foi atropelado por um motorista bêbado enquanto esperava passageiro.

Taxistas querem o retorno das blitz nos fins de semana

Taxistas querem o retorno das blitz nos fins de semana

Segundo o sindicato, Macapá possui 926 táxis legalizados com mais de 2 mil profissionais, mas poucos trabalham à noite com medo de assaltos. Mas a categoria teme mesmo por outros motoristas que costumam dirigir embriagados.  “À noite temos que dirigir por nós e pelos outros. Sem as blitz a cidade está entregue a motoristas imprudentes. Isso nos amedronta”, frisou o presidente do Sindtaxi, RIsonilson Barros.

Risonilson Barros: mais segurança para taxistas e passageiros

Risonilson Barros: mais segurança para taxistas e passageiros

A classe promete reivindicar a aplicação correta da lei. “Não vemos blitz do Detran desde o início do ano. Operações como a Lei Seca coibiam esse tipo de abuso. Queremos mais segurança”, reclamou Raimundo de Souza, táxista há 12 anos.

O sindicato pretende emitir documento ao Detran cobrando o retorno das blitz. Além disso, eles vão pedir que à Polícia Militar passe a abordar os táxis que tenham passageiros para que todos sejam revistados. “Os bandidos devem ficar com receio de agir. Já que a segurança pública está com todo gás na rua. Queremos também melhoria na segurança dos passageiros”, reforçou o presidente do Sindtaxi.

O Detran informou que as operações estão ocorrendo normalmente desde o início do ano, com exceção da semana passada. “Estávamos fazendo readequações na estrutura de pessoal e organizacional da operação Lei Seca por isso não fiscalizamos nos últimos 12 dias, mas demos todo o apoio para o BPRE e BPTRAN”, garantiu o diretor-presidente do Detran, Inácio Maciel. Segundo o diretor, no próximo fim de semana têm blitz programadas para toda a capital.

 

Compartilhamentos