Compartilhamentos

No próximo sábado, 28, os pontos turísticos de Macapá devem ficar com as luzes apagadas por uma hora entre 20h30min e 21h30min (o que não será difícil já que quase todos estão abandonados). A ação faz parte da Hora do Planeta, um movimento global que desde 2007 conta com participação de todas as cidades do Brasil. O ato simboliza a preocupação da sociedade com as mudanças climáticas e a degradação do meio ambiente. Em Macapá, cerca de mil pessoas devem participar da programação que conta com passeio ciclístico e plantio de 60 mudas de árvores.

Essa já é a oitava edição do evento com a participação dos amapaenses. Todos os anos a prefeitura fica responsável por apagar as luzes da Fortaleza de São José de Macapá, Monumento Marco Zero do Equador e Teatro das Bacabeiras. Este ano outros prédios como a Procuradoria Geral de Justiça, Tribunal de Contas e Assembleia Legislativa do Amapá também devem aderir à causa.

Amapaenses que aderiram ao movimento em 2014

Amapaenses que aderiram ao movimento em 2014

Além da adesão de outros entes públicos, a novidade é o passeio ciclístico pela cidade e o plantio de 60 mudas de arvores em vários locais. “Cada muda de planta simboliza um minuto para o mundo que sofre com mudanças climáticas e fortes agressões ao meio ambiente”, comentou o secretário municipal de Meio Ambiente, Herialdo Monteiro.

A Hora do Planeta é um movimento que une as pessoas de todo o mundo, demonstrando preocupação com o meio ambiente. No decorrer dos anos, a ação já mobilizou mais de 2,2 milhões de pessoas e 2 mil empresas pelo mundo que apagaram as luzes por uma hora. Em Macapá estimasse que mil pessoas participem do movimento.

Percurso

O passeio ciclístico deve se concentrar em frente a Prefeitura de Macapá, iniciando pela Avenida FAB, Rua Cândido Mendes, fazendo uma parada para plantio de mudas na Praça do Barão, seguindo pela Avenida Coriolano Jucá, Beira-Rio, com nova parada para plantio no canteiro do canal da Avenida Mendonça Júnior, dando prosseguimento pela Rua Tiradentes, Avenida Padre Júlio, com chegada a Praça Nossa Senhora de Fátima, onde a pedalada se encerra, com mais plantio.

 

Compartilhamentos