Compartilhamentos

Um vídeo mostra o flagrante de falta de energia ocorrido na madrugada da última segunda-feira, 3, dentro da maternidade Mãe Luzia. O hospital passou cerca de 40 minutos às escuras. O problema atingiu a Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal, que concentra equipamentos necessários para dar suporte às funções vitais dos bebês prematuros.

O vídeo foi feito pelo pai de um bebê que relatou a SelesNafes.Com que ultimamente o problema da falta de energia tem se tornado comum na maternidade. “Ouvi de algumas pacientes que há vários dias o hospital fica sem energia por pelo menos 1 hora. Apurei que o gerador que deveria entrar em funcionamento quando acontecem os cortes não está funcionando”, contou o pai que não quis se identificar.

As imagens mostram enfermeiros e médicos observando cada leito da UTI neonatal, cujos equipamentos dispararam alarmes mostrando que as baterias estavam com baixa carga. “Por sorte a luz retornou antes que as máquinas desligassem, o que nos deixou mais tranquilos depois de quase uma hora de sofrimento e agonia”, concluiu o pai.

A direção da maternidade informou que o problema se deu porque o gerador passou vários meses sem receber manutenção. Isso fez com que ele parasse de funcionar. Enquanto o gerador está parado a direção informou que a partir desta quarta-feira, 4, tem uma equipe da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) de sobre aviso para ajudar no retorno imediato da energia, caso aconteça algum corte.

Compartilhamentos