Compartilhamentos

O alagamento que atingiu 22 famílias no município de Pedra Branca do Amaparí, a 183 quilômetros de Macapá, recuou e as casas não estão mais de baixo d´água. O volume das águas do Rio Amaparí chegou a subir mais de 3 metros acima do nível normal no último dia 27 de fevereiro. Hoje o nível está em 1,6 metro acima do normal, o suficiente para amenizar a situação.

Mesmo com o recuo das águas a Defesa Civil ainda aguarda o resultado das próximas chuvas previstas para as cabeceiras do Rio Amaparí. Para o Núcleo de Meteorologia do Iepa as próximas chuvas não devem alterar muito o nível do rio. Segundo os técnicos, isso é um indicativo de que a região não sofrerá tanto com o inverno de 2015. “Mas claro que precisamos ficar atentos com as próximas chuvas que ocorrerão nas cabeceiras dos rios para termos certeza que não haverá novo alagamento”, enfatizou a Defesa Civil.

A foto mostra o antes e o depois do alagamento

A foto mostra o antes e o depois do alagamento

O acompanhamento das famílias atingidas continua no município de Pedra Branca, principalmente após o alerta do último sábado, 28 de fevereiro, que prevê chuvas para a região. “Na primeira reunião com o prefeito e secretários, foram definidas responsabilidades e um plano de trabalho prévio. Passamos o dia visitando os locais atingidos e nos reunindo com autoridades locais, afim de estabelecer providências e prioridades. Visitamos também o abrigo, onde se encontram quatro famílias. Estamos fazendo coleta de dados para confecção de relatório e emissão de parecer”, disse o capitão Bombeiro Militar Pelsondré, que coordena as ações da Defesa Civil no município.

(Fotos: Corpo de Bombeiros Militar)

Compartilhamentos