Compartilhamentos

Foi em Santana, e não em Tartarugalzinho, a prisão do tenente da PM Dinaelson Hermano Guedes Bacelar, e do policial civil Jaime Gomes Barbosa. Eles foram indiciados por porte de arma ilegal.

A Polícia Federal recebeu denúncia anônima de que o agente estava com a espingarda calibre 12, a mesma que também tinha o tenente. O agente é lotado no Ciosp do município de Oiapoque, e o tenente comanda o Batalhão de Tartarugalzinho.

Segundo o delegado da PF Bruno Benassuly abriu inquérito para saber como as armas entraram no país. Os dois policiais permanecem presos na sede da Superintendência da Polícia Federal, mas poderão responder ao processo em liberdade se pagarem fiança de R$ 10 mil, cada um. 

Compartilhamentos