Compartilhamentos

Uma mulher teve a moto furtada de dentro do curral do Detran em Macapá. Apesar de absurdo, existem dois outros casos parecidos sendo investigados. 

A moto Honda BIZ, ano 2011, pertence a técnica de enfermagem Benedita Santos Trindade, de 34 anos. O veículo foi apreendido no dia 31 de março por causa do atraso no pagamento do IPVA de 2014. Ela pagou a dívida e quando foi atrás da moto veio à surpresa: ninguém sabe onde foi parar o veículo.

Atualmente, o Detran tem 5 mil veículos apreendidos, sendo que 1,9 mil são motos. Uma delas era da enfermeira Benedita. Segundo a proprietária, o documento atrasado foi pago no dia 1ª de abril. O “sumiço” da moto foi informado nesta quinta-feira, 9.

“Eles me mandaram em vários currais. Quando foi hoje me disseram para falar com diretor. E eu tive a informação que minha moto não esta aqui. É uma situação absurda. Quando achei que tudo iria ficar legal, a situação piora”, desabafou a enfermeira.

Um pente fino foi feito em todos os pátios do Detran, mas a moto “sumiu”

Um pente fino foi feito em todos os pátios do Detran, mas a moto “sumiu”

De acordo com o Departamento de Trânsito, o veículo está registrado no livro de apreensões do Detran e teria sido encaminhado para o curral da instituição no Distrito do Coração, mas não está lá e em nenhum outro pátio do órgão.

A instituição não trata o caso como furto. “Nós fizemos um pente fino para encontrar a Biz, mas não obtivemos êxito. O pátio do Coração está em condições inadequadas de segurança, mas não temos outro espaço. Vamos continuar procurando, mas abrimos um processo administrativo para saber onde está essa moto”, explicou o diretor do Detran, Inácio Monteiro Maciel.

Enquanto a moto não é localizada, Benedita já se uniu a outros dois proprietários que tiveram veículos levados de dentro do pátio do Detran. “Já procurei uma advogada para processar o Estado. O pior é ter que sair do Ipê, onde moro, para trabalhar no Novo horizonte. A situação é tão absurda que ainda não acredito”, frisou Benedita.

.

Compartilhamentos