Compartilhamentos

A tradicional Vila do Curiaú, na Zona Rural de Macapá, foi palco de diversas ocorrências policiais no último fim de semana. Além de um assassinato em uma festa, houve duas prisões inusitadas. Num dos casos, um bandido procurado pela Justiça viu que ia ser preso e arrancou na moto, caindo logo em seguida. Na pressa de fugir ele deixou até uma namorada para trás, pra sorte dela.

As prisões ocorreram na madrugada desta segunda-feira, 6. Equipes do 2º Batalhão da Polícia Militar e do Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE) tinham intensificado a fiscalização na Rodovia AP-70 e montaram uma barreira perto de uma festa de aparelhagem, passando a abordar carros e motos. Uma dessas motocicletas estava sendo conduzida por Letes do Carmo Oliveira, de 30 anos.

O suspeito era procurado por assalto e tinha um revólver totalmente carregado

O suspeito era procurado por assalto e tinha um revólver totalmente carregado. Fotos e reportagem: Jair Zemberg

Quando os policiais se aproximaram para revistá-lo, ele arrancou na moto, deixando a acompanhante para trás. A fuga não durou mais que alguns metros. Policiais dispararam para o chão, ele se assustou e perdeu o controle da moto.

Com a queda, Letes foi rapidamente dominado pelos policiais que encontraram com ele um revólver calibre 38 carregado de munição, e descobriram que o suspeito estava sendo procurado por assalto.

No hospital, descobriram que ele era fugitivo do Iapen

No hospital, descobriram que ele era fugitivo do Iapen

Em outro caso, um homem que apanhou muito em outra festa no Curiaú, na mesma madrugada, foi socorrido e encaminhado para tratar os ferimentos no Hospital de Emergência. Policiais do 6º Batalhão que foram ao HE registrar a ocorrência pesquisaram o nome da vítima no sistema, e descobriram que se tratava de Emerson Ferreira Teixeira, de 19 anos, foragido do Iapen há dois meses. Ele tinha sido preso por assalto, recebeu voz de prisão no hospital e já retornou à penitenciária.

Compartilhamentos