Compartilhamentos

Depois que artesãos amargaram prejuízos com as goteiras e a falta de energia elétrica, a Casa do Artesão vai passar por uma reforma emergencial. O anúncio foi feita nesta terça-feira, 07, pela Secretaria de Trabalho e Empreendedorismo (Sete). A interrupção da energia por duas vezes, seguidas, danificou a rede elétrica. Isto obrigou a Sete a limitar o horário de funcionamento e o atendimento ao público. Antes era das 9h às 21h. Hoje, vai das 9h às 18h. Já o telhado necessita de reparos na calha do castelo central.

A reforma, que será executada pela Secretaria de Infraestrutura (Seinf), será dividida em duas etapas. Neste primeiro momento, os técnicos vão se concentrar num reparo emergencial na rede elétrica e no telhado. O passo seguinte é um trabalho no entorno da Casa do Artesão, incluindo a reforma da praça de alimentação e as barracas de artesanato. A ideia é padronizar o ambiente com um layout novo que identifique melhor o local e permita que os artesãos possam guardar os produtos com segurança após as feiras.

A Sete aguarda apenas os laudos da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros para anexá-los ao pedido para que a Seinf possa iniciar os serviços. “Infelizmente, nos últimos quatro anos a Casa do Artesão não recebeu a devida atenção que merece, como reforma e revitalização”, ressaltou Marciane Santo. O secretário da Seinf, André Rocha, enfatizou que os problemas estruturais da Casa do Artesão serão resolvidos. “É uma ação de governo que precisa de uma resposta imediata. Não vamos medir esforços para realizar os reparos necessários no prédio o mais breve possível”, anunciou.

 

Compartilhamentos