Compartilhamentos

Sete presos conseguiram fugir debaixo de uma chuva de balas disparadas das guaritas do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen). Eles abriram um buraco na muralha na tarde deste domingo, 12.  Até o inicio da noite, os criminosos continuavam desaparecidos no meio da mata atrás do Iapen.  

Buraco aberto pelos presos: fragilidade

Buraco aberto pelos presos: fragilidade

A fuga ocorreu por volta das 16 horas, durante o horário de visitas, no Pavilhão F2, entre duas guaritas, a 7 e a 8.  Policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e do Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRE) se juntaram a agentes penitenciários e policiais do 6º BPM na caçada aos presos.

Moradores do Marabaixo I ouviram muitos tiros durante a fuga. Eram os agentes nas guaritas abrindo fogo, mas aparentemente nenhum detento foi ferido.

Escaparam Josuel Oliveira da Silva, Joelson Rocha Ardasse, Paulo Roberto Lima,  Anderson Paulo Ferreira Saraiva, Idelvan Rocha Rodrigues, José Rodrigues Da Silva,  e João Paulo Santana Rodrigues.

A maioria cumpria pena por tráfico e roubo. Idelvan cumpria pena por homicídio e estava no Iapen desde 2008. A equipe de SelesNafes.Com está acompanhando as buscas nesse momento. 

Compartilhamentos