Compartilhamentos

A ousadia de ladrões parece não ter limites. Já não bastava mais furtar apenas cabos telefônicos, fibra ótica e fios elétricos atrás de cobre. Neste fim de semana, um ladrão foi preso depois de arrancar o transformador de um poste.

A prisão ocorreu no último sábado, 11, no Vale das Bênçãos, um dos muitos ramais com chácaras que existem ao longo da Rodovia JK.  Cleber Picanço da Fonseca, de 33 anos, que é deficiente auditivo e também não consegue falar, estava na companhia de mais dois comparsas que conseguiram fugir.

mudo

Na delegacia, Cleber precisou escrever o nome e o endereço dele num pedaço de papel. Fotos e reportagem: Jair Zemberg

Eles já tinham depenado a casa de uma chácara levando portas, janelas e um galão de combustível. Eles já tinham dado sumiço em todo o material e tinham arrancado o transformador de energia de um poste na entrada da propriedade quando chegou uma viatura do 1º Batalhão da Polícia Militar e fez a prisão em flagrante apenas de Cleber.

Na delegacia, os policiais tiveram dificuldades de entender os gestos dele. Só depois de ter sido reconhecido por um informante é que ele decidiu pedir uma caneta e escrever o nome completo para os policiais.

Cleber também é conhecido por pedir ajuda nas ruas da capital com pequenos e emocionantes bilhetes que solicitam doações em dinheiro. “Quando a pessoa não ajuda ele fica brabo”, informou uma testemunha. 

Compartilhamentos