Compartilhamentos

Na tentativa de reduzir a montanha de processos pós-campanha, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AP) iniciou ontem à noite, 16, o Encontro sobre Direito Eleitoral 2015. O evento é uma espécie de preparação para as eleições do ano que vem. Hoje o evento continua com uma palestra sobre a famosa captação ilícita de sufrágio, a compra de votos.

Palestras continuam hoje durante todo o dia

Palestras continuam hoje durante todo o dia

O evento é voltado para assessores de imprensa, publicitários, assessores jurídicos, gestores, contadores e futuros candidatos. “Para tentar manter um período eleitoral com lisuras e agilidade em 2016, precisamos preparar as pessoas desde já, para que todos tenham o conhecimento necessário para tentar montar suas campanhas, sem vícios que possam prejudicar suas candidaturas e assim também diminuir o número de processos por irregularidades, que em todo período eleitoral são comuns” observou o diretor geral do TRE, Veridiano Colares.

Diretor do TRE, Veridiano Colares: campanhas sem vícios

Diretor do TRE, Veridiano Colares: campanhas sem vícios

O encontro terá palestras sobre abuso de poder econômico, condutas vedadas, financiamento e prestações de contas.

“Esse último podemos citar como ponto principal, pois muitas pessoas entram em meio a um pleito sem ao menos saber os seus direitos e deveres, o que resulta nos muitos processos julgados pelo TRE em meio às eleições. Por isso a importância de se saber os preceitos de um processo eleitoral, para qualquer pessoa”, explicou o juiz Marconi Pimenta, que falou.

Toda a iniciativa foi vista com bons olhos para os advogados, que se reuniram para debater as diretrizes eleitorais.

“O evento é muito importante para todos que se envolvem no mundo eleitoral, para todos, desde juízes, promotores e parlamentares, que devem saber quais leis regem as diretrizes eleitorais. Muitos que vieram ao evento já exerceram cargos eletivos, o que demonstra uma grande personalidade, pois sabem que não são detentores de todos os conhecimentos necessários, e que precisam está de reciclando, para cada novo pleito”, destacou o presidente da Associação dos Advogados Criminalistas, Charles Bordalo.

O encontro continua nesta sexta-feira, 17, com as palestras Condutas Vedadas, Captação Ilícita de Sufrágio, onde será lançado o curso “Política e Cidadania: Responsabilidade de Todos”, que visa trabalhar diretamente com pessoas que tenham o interesse de lançar suas candidaturas pela primeira vez.

Compartilhamentos