Compartilhamentos

O bebê que foi abandonado quando nasceu no Hospital da Mulher Mãe Luzia recebeu alta esta semana e agora espera para ser adotado. Benjamim, nome dado pelos funcionários do hospital, ficou um ano internado Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal.

A criança foi encaminhada para Casa da Hospitalidade em Santana, onde permanecerá até ser adotado. O SelesNafes.Com foi até a Casa da Hospitalidade, mas não encontrou ninguém da direção para comentar  assunto.

De acordo com os médicos, Benjamim está com quadro de saúde estabilizado. Duas famílias sensibilizadas pela história de luta já se habilitaram para a adoção e aguardam a decisão judicial do processo.

Benjamin precisará de cuidados especiais devido às sequelas neurológicas causadas pela prematuridade. Ele nasceu com 26 semanas, aproximadamente seis meses de gestação, baixo peso de 635 gramas, insuficiência respiratória e renal, além de hemorragia intracraniana, que causou uma lesão cerebral.

Com um ano de vida, é uma criança que não fala, nem engatinha ou anda, precisa de reabilitação com fonoaudiólogo e fisioterapeuta, além de acompanhamento médico com pediatra e neurologista.

“Só poderemos dar um diagnóstico final sobre as limitações de Benjamin quando iniciarem os trabalhos de estímulo no processo de reabilitação”, informou a médica Liliane Albuquerque.

Foto: Agência Amapá

Compartilhamentos