Compartilhamentos

Uma equipe do 6º Batalhão da Polícia Militar conseguiu salvar duas meninas de 14 anos de um princípio de linchamento. Elas tinham sido capturadas por populares depois de assaltar uma mulher em um ponto de ônibus no Bairro Santa Rita.

Segundo testemunhas e a vítima, as meninas estavam armadas com facas e foram violentas na abordagem. A vitima segurava um bebê recém-nascido à espera do ônibus numa parada da Avenida Ataíde Teive com a Rua Hildemar Maia quando a dupla chegou anunciando o assalto.

Mesmo com o bebê no colo, a vítima reagiu gritando, e rapidamente foi socorrida por outras pessoas que perseguiram as meninas e conseguiram prendê-las. Alguns populares começaram a agredi-las quando apareceu uma viatura do 6º Batalhão da Polícia Militar e levou as meninas para a Delegacia de Investigação de Atos Infracionais (Deiai).

Ao chegar à delegacia, os policiais verificaram que elas ainda não tinham passagem pela polícia. Ao serem perguntadas sobre os motivos que as levaram a assaltar, as meninas disseram que não consomem drogas. “A gente que quis mesmo”, disse uma delas.

Compartilhamentos