Compartilhamentos

Um mototaxista foi executado a tiros na noite de quarta-feira, 27, em uma praça na Rodovia do Curiaú, Bairro Jardim Felicidade. Ele parou a moto a pedido de uma passageira e dois homens armados saíram de dentro de uma guarita disparando várias vezes contra o mototaxista que morreu no local. Uma passageira pode ter sido a isca.

De acordo com a polícia, por volta de 21 horas, Raimundo Machado pegou uma passageira no Bairro Perpétuo Socorro que pediu para ir até o Bairro Jardim Felicidade. Quando ele chegou na praça, a mulher pediu para ele parar. Foi aí que ele foi surpreendido com os disparos.

O mototaxista foi surpreendido pelos assassinos que saíram de uma  guarita

O mototaxista foi surpreendido pelos assassinos que saíram de uma guarita

Os assassinos estavam numa guarita desativada só esperando pela chegada dele. Pelo menos cinco tiros atingiram o mototaxista.

A polícia está trabalhando com várias hipóteses. A princípio o caso está sendo tratado como latrocínio, apesar de nada ter sido levado da vítima.

Mas primeiras investigações também descobriram que Raimundo vinha sofrendo ameaças da ex-mulher por conta da falta de pagamento de pensão. Por outro lado, ele também vinha recebendo ligações ameaçadoras de uma pessoa que comprou uma moto dele, e o veículo estava com problemas para ser liberado pelo Detran.

A polícia está à procura da passageira, que até não foi identificada. Ela pode propositadamente, segundo as investigações, ter levado Raimundo à morte.

Compartilhamentos