Compartilhamentos

A pequena Vila de Martinica fundada em 1945 foi criada por um crioulo vindo da Guiana  Francesa. Na verdade, apenas a Vila de Cleveland  era reconhecida como povoado, mas Martinica foi crescendo e se tornou Oiapoque.

Ao longo desses 70 anos, muitos governos passaram por aqui, indicados pelo governo federal e, por fim, eleitos pelo povo. Não podemos dizer que tipo de cidade Oiapoque deveria ser; afinal de contas estamos na fronteira da Guiana Grancesa, da União européia.

A Vila de Martinica se tornou Oiapoque

A Vila de Martinica se tornou Oiapoque

O que podemos observar é uma cidade com todas as representações do poder público, de governo federal, estadual e municipal, mas com profundas marcas de abandono.

Seria o povo que não sabe votar e escolheu mau seus governantes ou são os políticos que buscam a todo custo o poder e abandonam o povo a própria sorte?

Oiapoque mudou muito, mas tem muitas marcas de abandono

Oiapoque mudou muito, mas tem muitas marcas de abandono

E tão pouco são as necessidades de Oiapoque.  Uma cidade que clama por uma praça e energia de qualidade pede muito? Oiapoque… que venham mais 70 anos.  Comparando com a vila com casas cobertas de palha e pau a pique, Oiapoque já mudou, temos prédios, hospital, e uma universidade pra formar doutores. Mas merecemos mais.

Parabéns, Oiapoque!

Humberto Baía

Compartilhamentos