Compartilhamentos

A polícia procura por um homem acusado de fazer vários assaltos na companhia de um comparsa na noite de terça-feira, 26., em Macapá. Depois de uma rápida investigação, uma equipe do 6º Batalhão da Polícia Militar encontrou o kitnete de um dos assaltantes que seria o mentor dos crimes. Por incrível que pareça, uma nota de R$ 1 no interior do imóvel confirmou a identidade dele.

 Jhones Ribeiro Silva, de 20 anos, natural do município de Itaituba (PA), e outro homem ainda não identificado, estavam em uma moto e decidiram fazer assaltos em série. As vítimas eram pessoas que caminhavam na rua ou estava em paradas de ônibus.

Identidade de Jhones: foto reconhecida por testemunhas

Identidade de Jhones: foto reconhecida por testemunhas

Uma das ocorrências, no Bairro do Pacoval, foi atendida pelo 6º BPM. Uma testemunha disse ter reconhecido um dos assaltantes, e indicou o possível endereço, uma vila de kitnetes na Rua Hildemar Maia, no Bairro do Buritizal.

“Ele não estava no local, mas a proprietária abriu o apartamento dele e encontramos R$ 340, joias e outros objetos roubados das vítimas”, relatou o tenente Ademar, do 6º BPM. E um detalhe confirmou que se tratava mesmo do assaltante. Uma das vítimas tinha na carteira uma nota de R$ 1 que guardava como recordação. A mesma nota estava no quarto de Jhones.

Ouça o que diz o tenente a respeito do caso.

A proprietária da vila mostrou aos policiais as imagens do circuito de câmeras que mostram os dois criminosos chegando e saindo várias vezes durante a noite e sempre com roupas diferentes. Ao que tudo indica eles assaltavam, voltavam para guardar os objetos das vítimas e trocavam de roupa para dificultar que fossem reconhecidos.  

Até agora a polícia ainda não prendeu Jhones Silva e nem o comparsa.

Objetos e dinheiro encontrados no kitnete de Jhones. Reportagem e fotos: Jair Zemberg

Objetos e dinheiro encontrados no kitnete de Jhones. Reportagem e fotos: Jair Zemberg

Compartilhamentos