Compartilhamentos

O Shopping Popular, uma das obras inacabadas no Estado, deve ter sua construção retomada no ano que vem. Durante uma audiência pública na Assembleia Legislativa, o chefe de gabinete da Secretaria de Infraestrutura, Marcos Jucá, anunciou que o processo licitatório deve ocorrer até o início de 2016.

A obra será erguida no centro da capital, no mesmo terreno onde a Prefeitura de Macapá chegou a iniciar os trabalhos, que foram paralisados. Será feito um novo projeto e uma nova licitação, de acordo com as exigências do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), já que a obra está na área de entorno da Fortaleza de São José de Macapá e não poderia ter quatro pavimentos, como previa o projeto anterior.

O Shopping Popular vai abrigar os empreendedores que estão no meio da avenida Antonio Coelho de Carvalho

O Shopping Popular vai abrigar os empreendedores que estão no meio da avenida Antonio Coelho de Carvalho

A Seinf deve apresentar o novo projeto aos empreendedores que vão ocupar o espaço até o fim do ano.

“Queremos a opinião dos empreendedores. Assim seguimos com o projeto que se encontra em fase de elaboração e contratação dos projetos complementares como a parte elétrica e hidráulica, e a própria estrutura atual, que verificaremos onde será aproveitada”, disse Jucá.

Pelo novo projeto, o Shopping Popular terá dois pavimentos com 32 estandes destinados aos feirantes, 54 para lanchonetes e bares, 108 para lojas e 154 para armarinhos. Terá também praça de alimentação e estacionamento. Os micro e pequenos empresários terão área para carga e descarga e as mercadorias serão guardadas em um depósito, que também será construído na área.

A expectativa é concluir a obra em 18 meses, a partir do início dos trabalhos.

Foto da Capa: Agência Amapá

 

Compartilhamentos