Compartilhamentos

Infelizmente é comum adolescentes cada vez mais jovens ingressarem no crime, mas crianças nessa situação ainda são algo raro no Amapá. Por enquanto. Durante a madrugada desta sexta-feira, 29, policiais do Batalhão de Rádio Patrulhamento Motorizado (BRPM) apreenderam duas crianças acusadas de tentativa de assalto. Uma delas tem 11 anos, e a outra (pasmem!) somente 7 anos (camiseta preta).

O caso ocorreu na orla do Bairro Perpétuo Socorro, Zona Leste da capital. Uma guarnição do BRPM fazia a patrulha de rotina no bairro quando uma mulher apareceu desesperada afirmando que dois garotos tinham acabado de tentar assaltá-la. Um deles tinha uma faca, e a dupla só não conseguiu efetuar o roubo porque a vítima começou a gritar por socorro.

Capitão Daniel Pereira, do BRPM: apreensão incomum. Foto e reportagem: André Silva

Capitão Daniel Pereira, do BRPM: apreensão incomum. Foto e reportagem: André Silva

Os dois menores fugiram, mas logo à frente, na Passagem Raimunda dos Passos, eles foram alcançados e capturados. Ao revistar os garotos, os policiais encontraram uma faca com o menino de 7 anos.  

O capitão Daniel, do BRPM, diz que esse tipo de crime envolvendo menores dessa idade não é muito comum.

“Esse ano ainda não tínhamos apreendido menores dessa idade. Mas ano passado nós tivemos uma ocorrência envolvendo uma criança com mais ou menos essa idade. Geralmente eles não participam do ato, mas servem de “acessório”, vigiam a porta enquanto os outros adolescentes agem”, explicou ele. 
Os menores foram levados para o Conselho Tutelar da Zona Norte  que nestes casos aciona os pais. O caso será depois encaminhado ao Juizado da Vara da Infância e Juventude.

Compartilhamentos