Compartilhamentos

Quarenta famílias agricultores do baixo Araguari, que não tiveram as casas atingidas pela enchente que alagou parte do município de Ferreira Gomes, mas perderam plantações e animais, conseguiram através do Ministério Público Federal (MPF) o direito de serem indenizadas pela empresa Energia de Portugal (EDP) no valor de R$ 20 mil cada.

As famílias não entraram no relatório apresentado pelo Corpo de Bombeiros que foi entregue na semana passada ao MPF, porque não tiveram as casas atingidas diretamente pela enchente. A exclusão foi denunciada por representantes dessas comunidades que participaram da audiência pública que aconteceu no dia 15 de maio. Naquela oportunidade o MPF e a EDP firmaram acordo que garantirá o pagamento de 20 mil a 356 famílias e R$ 35 mil a 40 comerciantes atingidos.

As casas não foram invadidas pelas águas, mas perderam a produção agrícola

As casas não foram invadidas pelas águas, mas perderam a produção agrícola

Na ocasião os agricultores defenderam que mesmo não tendo as casas atingidas pelas águas, deveriam entrar no relatório que apontou quem será indenizado, já que perderam suas produções agrícolas e animais com a enchente. O Pagamento de todos os atingidos deve iniciar no dia 07 de junho, respeitando o prazo de 20 dias a contar do dia 18, quando o acordo foi firmado.

Fotos: https://www.facebook.com/ferreiragomesalerta/photos_all

 

Compartilhamentos