Compartilhamentos

Organizadores da manifestação da quinta-feira, 30, que protestou contra as condições das ruas em Santana e contra a administração do prefeito Robson Rocha (PR), estão programando um novo ato para os próximos dias. Em um dos momentos da manifestação, eles queimaram um boneco que representava o prefeito.

Eles avaliam que o protesto foi bem sucedido, apesar de pouca participação no início. No decorrer da caminhada, garantem os organizadores, pelo menos 500 pessoas juntaram ao manifestantes. 

Segundo os organizadores, mais de 500 pessoas  se juntaram à manifestação

Segundo os organizadores, mais de 500 pessoas se juntaram à manifestação

“Não tenho, nunca tive e nunca terei vínculo político nem partidário. Este movimento é do povo e não recebemos ajuda financeira de nenhum político ou grupos políticos”, garantiu Mário Farias, fundador do Grupo Unidos por Santana, ainda sem precisar uma data certa para a nova manifestação. Santana sofre com a buraqueira generalizada, deficiência na coleta e destinação do lixo. 

Manifestantes queimaram o boneco: descontentamento

Manifestantes queimaram o boneco na principal praça de Santana: descontentamento

 

Compartilhamentos