Compartilhamentos

Os professores municipais de Macapá finalizaram no início da tarde desta segunda-feira, 1º, a greve que estava acontecendo há 49 dias. A decisão foi tomada depois que representantes da prefeitura assinaram um termo se comprometendo a manter as mesas de negociações.

Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos em Educação do Amapá (Sinsepeap), Aroldo Rabelo, a princípio a prefeitura queria manter a mesa de negociações apenas para os pedidos pedagógicos.

“Nós repassamos aos representantes da prefeitura que só iríamos parar o movimento quando a mesma se comprometesse a montar uma mesa permanente de negociações para tratar tanto dos pedidos pedagógicos como o financeiro”, explicou.

A categoria pedia um reajuste de 13% para acompanhar o piso salarial nacional, mas a prefeitura disse que poderia dar apenas 4%.

“Nós já fizemos um calendário com os dias de negociações que seguem até dezembro. Com isso manteremos as negociações, mesmo tendo voltado para a sala de aula”, acrescentou Aroldo.

Compartilhamentos